Inseminação Artificial VS Fertilização In Vitro

Em termos de fertilidade encontramos diferentes tipos de tratamentos e técnicas de reprodução assistida, o que pode permitir que homens e mulheres com infertilidade alcancem uma gravidez, cumprindo assim a ilusão de ter filhos.

Na Celagem todos os nossos pacientes são importantes e entendemos que cada caso traz consigo diferentes problemas de fertilidade, por isso cada uma das técnicas é indicada para diferentes pacientes. É por isso que é necessário deixar claro qual tratamento é mais adequado para garantir o sucesso.

A inseminação artificial e a fertilização in vitro são dois dos tratamentos mais utilizados no mundo, o que os torna bem conhecidos hoje, mas ao mesmo tempo esses dois termos tendem a ser confusos ou em outros casos pensam que podem ser os mesmos. Abaixo explicaremos cada um deles. 

Inseminação artificial

É uma das técnicas de reprodução assistida mais simples, por isso tende a ser, na maioria dos casos, um tratamento indicado como primeira escolha. Isso consiste em levar a amostra de sêmen do casal para o laboratório onde o esperma com maior potencial de fertilização será selecionado e, em seguida, implantado na cavidade uterina da mulher, onde a fertilização ocorre naturalmente no momento de Ovulação. 

Indicações:

A inseminação artificial é indicada para casais cuja contagem de espermatozoides ou mobilidade diminui, bem como devido à dificuldade de penetração de esperma na cavidade uterina devido a problemas cervicais ou a presença de anticorpos contra sêmen, entre outros fatores. 

Fertilização In Vitro

Consiste na estimulação ovariana, que busca obter um maior número de óvulos, que serão extraídos por punção de oócitos, para serem fertilizados com espermatozoides, seja do casal ou de um doador através da fertilização e do cultivo embrionário, finalmente o o útero da paciente será depositado no útero da paciente de acordo com sua evolução, para dar-lhes a melhor chance de chegar à gravidez e poder realizar um teste positivo na data estipulada após o término do tratamento.

A fertilização in vitro é indicada para pacientes com problemas de infertilidade mais graves, como mulheres com baixa reserva ovariana, tubos de falópio entupidos ou ligadura tubal (pomeroy), fator masculino moderado ou grave, e em casos falhos de inseminação de inseminação Artificial.

fecundación in vitro

A fertilização in vitro, por sua vez, é uma técnica de reprodução assistida mais complexa, que visa obter um ou mais embriões de qualidade ideal que podem ser transferidos para o útero da paciente para permitir a ocorrência da gravidez.

En CELAGEM estamos listos para cumplir tu sueño

Somos especialistas en resolver problemas de fertilidad, fecundación In vitro o reproducción asistida. Queremos enseñarte algunos de nuestros tratamientos que tienen su primera cita totalmente gratis.

AGENDA GRATIS

DIAGNÓSTICO ONLINE